quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Os três estados Físicos da Matéria:Gasoso


Natureza íntima das coisas

Com uma britadeira
Crio uma Lua como ofício
De um queijo sem orifícios
Orientava-se pelos pingos da torneira
Pela sua mecha
Guardada em uma bitácula
Vivo sob sua mácula
Nódoas de fácula na bochecha
Vestígios de seus ósculos
Embasam o embate
Das ondas com o disparate
Resgate de crepúsculos
Sua beleza embaça o vidro
Semelhante à bruma
Alguma duna
Que lido
Queria ver Algólida
Algo lida contra meu sonho lilás
ALGO LIDO NO GÁS
GASEIFICA A FERIDA

Os vizinhos reclamaram do barulho
Testo a broca
No telhado a boca
Conversa com o marulho
Queria implantar a desordem que se desfez
Plantar uma árvore
No meio da sala disforme
Alguns alquieres de insensatez.

Nenhum comentário: