sábado, 22 de maio de 2010

Botânica




Há fungos dentro do funil
Emadeirar o metal
Conclusão de um desmatamento
Cogumelo melodrámatico
Sem coima
Na coifa causa coceira
O coice do ginete
O prurido que punge
O pule
O trote de cortar sua crina
O crisântemo em crise existencial
Na cristaleira pensa que é cristal
Antes uliginário
Agora metálico
Agárico que se agarra
Em meu agasalho
Algo álgido
Iguarias iguais
Ígneo no iglu
Aguapé no ágape
O agraço não agrada
Com o agrafo
Fecho os lábios
Deixo tudo ágrafo.

Nenhum comentário: